03 agosto, 2019

Laughbanging Podcast #132: Ferro-Velho

Neste último episódio antes das férias, voltamos a mais uma emissão com cenas cortadas de outros episódios. É o nosso Ferro-Velho. Contém mais conversa com a Ana Galvão, o Sérgio Bastos, o Nelson Nunes, depoimentos do Sérgio Correia, entre outros assuntos.
Intro: Sérgio Bastos



27 julho, 2019

Laughbanging Podcast #131: À conversa com Nelson Nunes (escritor e jornalista)

Nelson Nunes é mais conhecido como escritor e autor de vários livros como Quem Vamos Queimar Hoje?, Isto Não é Um Livro de Receitas, Com o Humor Não se Brinca (que também virou podcast) e o seu mais recente romance Preciosa. E é também fã de heavy metal. Falámos de tudo um pouco, desde as letras no heavy metal, as biografias de músicos, rock alternativo, metalcore, nu-metal, entre outros assuntos e declarações polémicas. Ou não serão polémicas? É ouvir.
Música final: Bring Me The Horizon "Nihilist Blues" (Amo, 2019)



09 julho, 2019

Laughbanging entrevista Prayers of Sanity

Em Março de 2017 realizámos uma mini-entrevista aos Prayers of Sanity para ser publicada na revista Ultraje. Muito simpáticos, responderam à entrevista, com a mensagem "Boas Laughbanging, Desculpem lá a demora na resposta. Temos tido umas semanas complicadas." Mas devido a motivos de origem variada, nomeadamente coisas e em particular cenas, a publicação não chegou a acontecer. Ao mexer no nosso baú metálico, encontrámos a entrevista e que vamos agora partilhar convosco, dirigindo-nos à banda com a mensagem "Boas Prayers of Sanity, Desculpem lá a demora na publicação. Temos tido uns anos complicados."



Sendo vocês do Algarve, como é viver com a pressão de fazer melhor que os Iris?
É um drama diário. Super angustiante. Há os deuses no céu e há os Iris na terra... Basicamente é isso. Temos que viver com isso para o resto das nossas vidas. Na verdade, o nosso maior sonho é termos os Iris a fazer uma versão de um tema nosso mas com um refrão do tipo: “ajogua-me pó ar e diz que já cá na andas!” ou algo assim...

Ensaiar, ir à praia e beber uma cerveja na esplanada. Quantas vezes é que só vos apeteceu fazer as duas últimas opções e borrifarem-se para a primeira? 
Nós temos uma percentagem de cerca de 60% de marcações de ensaios que não acabam em deboche, cerveja e rebolanços na areia. O nosso objectivo até 2020 é chegarmos aos 65%.

Fazem parte do cartaz do Moita Metal Fest onde vão tocar no mesmo palco que Sodom e Napalm Death. Estão a pensar no que hão-de conversar quando os encontrarem ou simplesmente irão oferecer-lhes Doces de Amêndoa, Medronho e Dom Rodrigos? 
A ideia é apanhar um deles e pregar-lhe uma grande seca. Ninguém se esquece de um gajo que passa uma noite inteira a falar da migração das cotovias ou por que raio os gatos pardos deixaram de rebolar como antigamente. Na via das dúvidas e se isso não resultar, levamos um CD de Iris, eles de certeza que vão curtir.

Os vossos pais ainda "rezam por sanidade" quando ouvem a vossa música?
Os nossos pais não houvem a nossa música. Eles são todos do Drone e da cena noise Lituana. De vez em quando ainda frequentam umas raves ali na Mata de Barão... e isto né nada!


Género:
Thrash Metal

Line-up:
Tião - Guitarra / Voz
Carlos - Baixo
Artur - Bateria

Discografia:
2007 - Tuned to Thrash (demo)
2009 - Religion Blindness
2012 - Confrontations
2017 - Face of the Unknown

Páginas oficiais:

 

06 julho, 2019

Laughbanging Podcast #128: As fusões, o crossover e mentalidades

Nesta emissão falamos da dificuldade que algumas bandas tiveram e têm ao tocar para certo tipo de público quando o som é uma mistura de vários estilos, excepto quando tocam para o público metálico, que tem mais mente aberta. Alegadamente.